ÁREA PARA PACIENTES:
CONTATOS: [email protected] | (11) 3251-5969 | (11) 3253-4190
Aqui você encontra:
Profissionais reconhecidos em várias áreas
Mais de 300 clientes muito satisfeitos ao redor do Brasil
Uma empresa sólida há 4 anos no mercado competitivo
Equipe multidisciplinar
Serviço e atendimento de qualidade
 
 
 
 
MEU CARRINHO
Você possui: 0 itens
Total no carrinho: R$ 0,00
UNIDADES DE ATENDIMENTO
CAORT - Vila Olímpia
CAORT - São Bernardo / ABC
CAORT - São Camilo Ipiranga
ESPECIALIDADES
Ortopedia e Traumatologia
Cirurgia do Joelho
Cirurgia do Ombro
Cirurgia da Coluna Vertebral
Cirurgia do Quadril
Cirurgia do Pé
Cirurgia da Mão
Medicina do Esporte
Ortopedia Pediátrica
EQUIPE MÉDICA
Dr. Caio César Almeida Torres
Dr. Douglas Badillo Ribeiro
Dr. Douglas Freitas dos Santos
Dra. Fernanda Sanson Branco
Dr. Giuseppe Fernandes Pastore
Dr. Lucas Furtado da Fonseca
Dr. Marcelo Abdalla Khouri
Dr. Marlon Alves Subtil de Oliveira
Dra. Nívea Gitahi Rizzi
Dr. Rafael Pinheiro Cunha
Dr. Reinaldo Keitiro Katayose
Dr. Ricardo Carvalho Mallozi
Dra. Tatiana Rocha Bastos
Dr. Thiago Rocha Protta 
ENQUETE
O que voc� achou do site em termos de apar�ncia?
Muito bonito
Bonito
Bacana
Feio
CLIQUE AQUI PARA VOTAR
VER RESULTADO DA ENQUETE
ÁREA PARA CLIENTES
Digite seu nome de usuário:
Digite sua senha:
ENTRAR NO SISTEMA
NEWSLETTER
Nome:
E-mail:
CADASTRAR-SE
FAÇA UMA BUSCA
Digite o que deseja procurar:
 
 

Cirurgia da Coluna Vertebral

 

 

 

Douglas Freitas dos Santos

CRM-SP 117.988

Ortopedia e Traumatologia

Cirurgia da Coluna Vertebral

 

 

 

 

coluna vertebral é formada quase sempre por 33 e eventualmente 32 ou 34 vértebras que são pela interposição dos discos intervertebrais na região anterior entre cada vértebra e na região posterior, por uma articulação com duplo par de facetas interarticulares, sendo duas voltadas para cima e duas para baixo, formando de cada lado na vértebra, uma articulação facetária.

 

O Ílio, o Sacro (5 vértebras fundidas) e o Cóccix (4 vértebras fundidas), são imóveis. A coluna vertebral não é totalmente flexível, mas sim, somente 75% desta, as vértebras cervicais (7), vértebras torácicas (12) e vértebras lombares (5).

 

Os discos intervertebrais são constituídos de material fibroso e gelatinoso que desempenham a função de amortecedores e dão mobilidade para nos locomover, correr, saltar, girar o tronco e a cabeça. Cada disco é formado por um núcleo pulposo interno e do ânulo fibroso externo. Quando é vista de frente a coluna vertebral é reta, e quando vista de lado forma quatro curvaturas, duas delas com a concavidade virada para trás (lordoses) e duas delas com a concavidade virada para a frente (cifoses). Temos assim a lordose cervical (localizada no pescoço), a cifose torácica (ao nível das costelas), a lordose lombar (ao nível do abdómen) e por fim a cifose sacrococcígea, ao nível do sacro e do cóccix.

 

As cifoses são curvaturas primárias e são desenvolvidas durante o período embrionário, as lordoses são chamadas de curvaturas secundárias pois são desenvolvidas conforme se assume a postura ereta.

 

O aumento dessas curvaturas representam quadros patológicos. Sendo: Hiperlordose, cervical ou lombar; hipercifose torácica.

 

A região cervical é constituída por sete vértebras localizadas no pescoço. A primeira vértebra se chama Atlas e se articula com o crânio possibilitando flexão e extensão da cabeça sobre a coluna vertebral cervical, bem como suportando seu peso. O Axis é a segunda vértebra cervical e apresenta uma apófise (saliência) na sua região anterior que se projeta para cima, penetrando o plano horizontal do canal vertebral da primeira vértebra, articulando-se com a parte posterior de seu anel anterior. O Atlas não tem um corpo vertebral como a maioria das demais vértebras.

 

A região torácica é constituída de doze vértebras que também servem para a inserção das costelas.

 

A região lombar é constituída por cinco vértebras maiores e é esta região que suporta todo o peso do tronco, dos membros superiores, do pescoço e da cabeça quando estamos na posição sentada ou em pé. Na região da coluna vertebral lombar na altura entre a primeira e a segunda vértebra (L1 e L2) termina a medula espinhal dentro do canal vertebral em uma formação conhecida como cone medular. A partir do cone parte um aglomerado de raízes nervosas conhecido como cauda equina. Em pares, as raízes nervosas espinhais estendem-se até a parte lateral do canal vertebral, sendo uma raiz de cada lado, saindo pelo forame lateral.

 

Abaixo da região lombar, sendo parte da bacia, a região sacrococcígea é composta pelo osso sacro que é resultado da fusão de cinco vértebras. Um de cada lado, este conjunto se articula com os ossos ilíacos do quadril, que se articula com os fêmures.

 

O osso cóccix é formado pela fusão das últimas quatro vértebras.

 

Nossos ortopedistas têm sua especialização voltada para o tratamento de todos os tipos de lesões e deformidades da coluna, incluindo o trauma, as deformidades e as lesões degenerativas.


O tratamento multidisciplinar e multiprofissional é o ponto de destaque dessa área da Ortopedia. O Serviço de Reabilitação especializado em coluna contribui para os bons resultados do tratamento dos pacientes com lombalgia (dor lombar, nas costas, abaixo das costelas), lombociatalgia (dor lombar, nas costas, abaixo das costelas, com irradiação para nádegas e/ou coxas - uma ou ambas - e que pode estar acompanhada também de formigamento na perna - uma ou ambas), artrose e outras problemas que têm tratamento complexo e prolongado.



Contato
 
Unidade Vila Olímpia
(11) 3251-5969
(11) 3253-4190
(11) 3251-5934
 
Unidade São Bernardo / ABC
(11) 4127-4941
(11) 4127-4993
(11) 4127-4758
 
 
 

Localização
 
Unidade Vila Olímpia:
Rua Alvorada, 48, 7o Andar, Edifício Olímpia Office Center
Vila Olímpia, São Paulo, SP 
CEP 04550-000
 
 
Unidade São Bernardo / ABC:
Rua Frei Gaspar, 941, Sala 202, Edifício Sp 150 Trade
Vila Santa Rita de Cassia, São Bernardo do Campo, SP
CEP 09720-440
 
 
 
Conecte-se