O presidente nacional da OAB, Felipe Santa Cruz, participou, nesta quinta-feira (28), da I Conferência Estadual da Mulher Advogada e do Encontro Estadual da Jovem Advocacia de Mato Grosso, realizadas na subseção de Rondonópolis. Por ocasião da visita, o presidente nacional da OAB também participou da cerimônia de inauguração do parlatório da Penitenciária Major Eldo Correa de Sá – Mata Grande.

Às mulheres advogadas, Santa Cruz ressaltou que a Ordem tem uma importante missão externa a cumprir. “Como não vamos reformar nossa participação feminina às vésperas de termos 1,3 milhão de advogados, sendo que metade são mulheres? Como vamos nos calar se a mulher tem que lutar para além das suas fronteiras, numa sociedade onde o feminicídio impera? Na nossa sociedade, o machismo simplesmente exclui a mulheres de seus espaços. Há escritórios de advocacia que refletem o telhado de vidro que ainda acaba imobilizando a carreira de advogadas, a partir do momento em que são mães. Se não tivermos na participação da entidade nessa igualdade, ela não se externará em políticas sociais transformadoras”, avaliou. 

A presidente da Comissão Nacional da Mulher Advogada, Daniela Borges, afirmou que o fato de a conferência acontecer em uma cidade que não é capital mostra o intuito da OAB em ir a todos os lugares onde a advocacia está. Ela lembrou a necessidade e a importância de participação de todos no processo de inclusão da mulher nos espaços de poder e tomada de decisão, inclusive por parte dos homens. 

Aos jovens advogados, Felipe Santa Cruz se disse temeroso quanto à postura de alguns advogados em meio ao retrocesso de direitos que o país atravessa. “Advogado que manifesta apoio a um sistema que retira direitos sociais de uma população já empobrecida não é advogado. Advogado que defende o fim da justiça, eliminação de direitos, maior opressão e que diz até que não existe racismo, não é advogado. Precisamos resgatar nossos princípios. É necessário haver paixão para que desempenhemos um de nossos maiores princípios, que é servir à sociedade”, apontou.

O presidente da OAB-MT, Leonardo Campos, disse que a seccional de Mato Grosso ficou honrada em receber o presidente nacional da OAB. “Santa Cruz é uma referência nacional e internacional na luta pela efetivação do Estado Democrático de Direito, do devido processo legal, um defensor contínuo e árduo do direito de defesa, do contraditório e de outros pilares da democracia no Brasil. Ele tem viajado o Brasil, tem ido onde o advogado está, seja nas capitais ou no interior”, disse Campos.

Santa Cruz foi homenageado pela advocacia de Rondonópolis. Ele recebeu do presidente da subseção, Stalyn Paniago Pereira, uma placa em reconhecimento aos serviços prestados à advocacia local, à condução da OAB Nacional e à luta intransigente em defesa das prerrogativas e da cidadania.

Parlatório

Ainda por ocasião da visita ao Mato Grosso, Santa Cruz participou da cerimônia de inauguração do parlatório da Penitenciária Major Eldo Correa de Sá – Mata Grande, em Rondonópolis. O espaço foi batizado de Parlatório Nelson Pereira Lopes, em homenagem ao advogado criminalista falecido em 2017, após três décadas de atuação na região. 

A construção teve início em maio de 2018 e foi fruto de uma parceria entre a OAB Rondonópolis, a Penitenciária da Mata Grande, a UNIC Rondonópolis e a colaboração dos advogados que atuam no município. “É um parlatório seguro, digno para o exercício profissional e que garante o sigilo das comunicações entre advogado e cliente, medida que é sagrada e protegida por lei”, disse o presidente nacional da Ordem.

Fale conosco no whatsapp!