“Quero convocar a Jovem Advocacia para que, juntos, possamos construir soluções jurídicas que promovam a paz social, o desenvolvimento sustentável e a materialização de direitos individuais e coletivos para toda a sociedade brasileira.” Com essas palavras, o presidente da OAB Nacional, Beto Simonetti, encerrou nessa quinta-feira (26/10), em Belém (PA), o 20º Encontro Nacional da Jovem Advocacia (Enja). 

Durante dois dias, o Encontro reuniu mais de 3 mil pessoas e promoveu discussões sobre as demandas e as expectativas de advogados e advogadas em início de carreira, além de seus desafios e suas aspirações. “Quero agradecer e parabenizar a cada jovem profissional da advocacia que contribui para que a Ordem mantenha inalterável o seu pacto com a ética, com a defesa das prerrogativas da advocacia e com a consolidação do Estado de Direito”, destacou Simonetti.

Segundo o presidente do CFOAB, esta edição do Encontro foi histórica. “Tivemos painéis com ilustres profissionais, mulheres e homens que, por diferentes circunstâncias, conquistaram o sucesso na Advocacia”, concluiu.

O presidente da OAB-PA, Eduardo Imbiriba, parabenizou a gestão do Conselho Federal pelos investimentos em interiorização e qualificação. “Parabéns por gerir a nossa instituição de uma maneira tão representativa e democrática”, afirmou. Às jovens advogadas e advogados, o presidente da seccional paraense frisou que são cruciais para que a advocacia seja cada vez mais forte. “Os jovens advogados são o futuro que representam cada vez mais esse espírito de luta, essa unidade do que deve ter em prol daquilo que é sagrado para nós”, pontuou.

Já o presidente da Comissão Nacional da Jovem Advocacia, Lenílson Ferreira, enfatizou que o único caminho para o sucesso é a qualificação. “Nós somos o presente da advocacia brasileira. Os jovens advogados e os estudantes de Direito serão o futuro da nossa profissão. A missão de vocês é dar continuidade a esses eventos para fortalecer a advocacia brasileira”, declarou.

“O Enja foi um verdadeiro sucesso, graças ao apoio e trabalho da jovem advocacia de todo Pará. Conseguimos fazer um evento belíssimo, com caravanas do Pará e do Brasil. Todas as expectativas foram superadas”, celebrou Tatiane Moraes, presidente da Comissão da Jovem Advocacia do Pará (Cojad).

Programação

Durante o evento, os participantes puderam assistir a palestras sobre: O futuro da jovem advocacia; O caminho das execuções frutíferas; Empreendedorismo e liderança na advocacia; As nulidades e as hipóteses de anulação do júri; Os desafios da mulher advogada no início de carreira; Processo administrativo notarial e registral: a questão de terras na Amazônia; Dicas práticas para atuação na advocacia trabalhista; Primeiros passos na advocacia criminal; Eficiência e transparência na contratação pública sob a ótica da nova lei de licitações; Comunicação persuasiva; e Prática em advocacia inclusiva e compliance em direitos das pessoas com deficiência, entre outros temas.

O evento foi realizado no Hangar Convenções & Feiras da Amazônia, na capital, Belém.

Fale conosco no whatsapp!